Ai se fosse uma taberna…

Havia um senhor muito bêbado que era casado com uma rapariga muito mais nova. E então, em vez de fazer a sua “obrigaçãozinha” lá em casa, aparecia sempre bêbado. Um dia foram passear pela rua e o homem, ao ver uma taberna, diz: – Olha uma taberna! Vou entrar!… Entrou na taberna e bebeu uns copos. Mais à frente encontrou outra taberna e disse: – Olha outra taberna! Vou entrar!… Entrou na taberna e bebeu mais uns copos. E durante o passeio, o homem continuou a entrar numa série de tabernas. Passados uns dias, o homem chegou sóbrio a casa. A mulher, ainda que desconfiada, pensou: – “Péra lá! É capaz de ser hoje!” Chegou à noite e o homem, com um ar romântico, dá-lhe um beijo na testa. Pensa a mulher: – “Queres ver que é mesmo hoje?!” O homem continua com os beijinhos e dá-lhe um beijo no queixo. A mulher delirava de contente! O homem continua a descer e dá-lhe um beijo no umbigo. – Sim, sim! – Dizia a mulher. De seguida, o homem dá-lhe um beijo no joelho e,… Deixou-se dormir. Diz-lhe a mulher irritada: – Porra! Se fosse uma taberna tinhas entrado!…